domingo, novembro 26, 2006

Bem, vamos começar com uma historinha bacana.

Eu trabalho no Rio Comprido, é isso mesmo, pra quem é carioca e sabe onde é o Rio Comprido, sabe de onde estou falando... Bom, hoje, sábado, trabalhei até às 22h (é... eu trabalho fim de semana), saí de lá e atravessei a rua rapidamente torcendo para que a locadora "me esperasse". Consegui! Fiquei entre "Boa noite boa sorte", "O corte", e acabei levando "Marderlay".

Atravessei rua e lá fiquei por mais que meia hora no ponto de ônibus e nada... Decidi (decidi é força de expressão, ninguém decide gastar dinheiro quando não tem) pegar um taxi. Putz! Foi a melhor coisa que eu fiz.

Conheci o Seu Pedro e o "carro do paraíba" que tem bala, e um tremendo contador de histórias e pinóias. Ele veio falando o trajeto inteirinho e como se não bastasse, depois de receber a grana, ainda parou o carro para fazer mágicas e recitar uma música com meu nome.

Ele diz que tem quatro livros publicados, mais de 500 músicas gravadas, num sei quanto hinos de igreja, diz que é repentista, poeta e mágico. Falou que eu fui a décima segunda pessoa a entrar no livro dele, que já tem mais de cem pedidos mesmo antes de ficar pronto. Tal livro que irá ser lançado no programa do Jô. Diz ainda que eu poderia ir com ele, mas não sabe quando vai ser, então... quem sabe a gente se esbarra na véspera.

hahahaha

Uma ótima pessoa! Um excelente personagem!

hein? é claro que peguei o telefone dele, óbvio!

Salve Pedro!

2 comentários:

A metanóica disse...

adorei o são pedro! santo da madrugada feliz! amém!

Olívia Bandeira de Melo disse...

Ótimo personagem!